Luanda Medical Center

Boletim epidemiológico informativo Nº4

Boletim epidemiológico informativo Nº4

Existem marcadas diferenças em relação a disponibilidade de informações sistemáticas entre os países de baixa, média e alta renda, sendo bastante limitadas nos dois primeiros grupos de países, correndo-se o risco de que as notificações deixem de ser essenciais para melhorar o atendimento dos indivíduos e a acção do sistema de saúde na comunidade; estes problemas e/ou limitações são sobretudo devido a subnotificação das doenças e/ou agravos, fraco comprometimento dos profissionais de saúde com as notificações bem como a falta de equilíbrio entre as actividades dos sistemas de vigilância e o seu uso para a acção (MINSA/CPDE, 2010; OMS, 2021; Esbérard, 2021).

Do ponto de vista de conceito; Notificação de caso, é o procedimento medular da Vigilância por meio do qual os serviços informam de modo rotineiro e obrigatório as autoridades sanitárias a ocorrência de eventos sujeitos a Vigilância; assim para que tal aconteça é necessário definir e/ou identificar a rede local de Unidades notificadoras, os Profissionais envolvidos, elaborar procedimentos/instrumentos e por fim definir a periodicidade e tipo de vigilância a implementar (OPAS/MOPECE, 2001).

Segundo o manual de VIDR Angola, 2010; é importante garantir uma notificação fidedigna de dados ao nível do sistema, para que os Profissionais envolvidos possam identificar os problemas e planificar respostas adequadas, para que as acções sejam oportunas, para que se possa monitorizar as tendências das doenças e avaliar a eficácia das respostas. Ainda de acordo com o documento referido acima, as doenças e eventos segundo a sua importância devem ser notificados de duas formas (tipos):

  • Notificação imediata, que consiste na comunicação de qualquer doença/evento ao nível superior dentro de 48 horas, sempre acompanhada da ficha individual.
  • Notificação de Rotina, que é a comunicação de casos e óbitos ao nível superior, feita de forma semanal e mensalmente. De forma complementar é importante referir também que existe a Notificação Zero ou Negativa, isto quando durante a semana ou mês,não sejam diagnosticados casos de doenças de notificação imediata, pelo que devemos anotar um zero (0) na ficha de notificação ou seja não deixar nenhum espaço em branco.

Para melhorar as práticas de notificação, é importante que os Médicos registem convenientemente os dados dos pacientes, que os Enfermeiros façam contagem do número de casos e óbitos de cada serviço e que todas as semanas, meses ou trimestres, os Técnicos de estatística e Vigilância, façam o consolidado de dados semanal e mensal e preencham as respectivas fichas de notificação (Manual VIDR, MINSA/CPDE, 2010; OMS,2010;OPAS/MOPECE, 2001).

HEPATITES VIRAIS

As Hepatites virais representam um grupo de doenças infecto contagiosas endémicas em muitos países e consequentemente um problema importante de saúde pública, visto que amortalidade anual global por hepatite viral seja comparável à do HIV, Tuberculose ou Malária e provavelmente excederá o número de vítimas dessas três doenças combinadas até 2040, sob o actual status quo; do ponto de vista conceitual a grande parte dos autores referem que, a Hepatite é um processo inflamatório que acomete o fígado ou seja consiste numa alteração difusa no parênquima hepático, caracterizadas por uma lesão necroinflamatória dos hepatócitos, de gravidade variável, provocada maioritariamente por 5 Vírus distintos (Vírus da Hepatite A, B, C, D e E; respectivamente HAV, HBV, HCV, HDV e HEV, levando ao surgimento de doença aguda e/ou crónica.

Outras Doenças relacionadas

Curiosidades

História de hepatites virais remonta há vários milénios com referência à icterícia na população (literatura chinesa);

A primeira epidemia descrita ocorreu em Bremen (Alemanha) num estaleiro naval em 1885;

A primeira grande epidemia ocorreu em New Delhi, na Índia, entre 1955 e 1956;

A vacina para a Hepatite B também protege contra a Hepatite D;

As Hepatites F e G ainda não foram encontradas em pessoas;

Em Julho celebra-se o Dia Mundal da Hepatite

Boletim Epidemiológico Nº4
Informativo

DESCARREGUE

CENTROS MÉDICOS

Ed. Luanda Medical Center
Rua Amilcar Cabral, nº3
Luanda, Angola

Shopping Avennida
Talatona, Luanda, Angola

FALE CONNOSCO

+244 923 167 730
+244 222 708 000

Siga-nos

×